Cachoeira Nauyaca – Dominical, Costa Rica

A cachoeira mais incrível que visitei na Costa Rica!

É um lugar incrível, com uma trilha lamacenta mas bem fácil. Mas se você quer poupar esforços, ainda tem a opção de ir à cavalo (por favor, não escolha essa opção. Seja contra turismo de exploração animal) ou com o carro deles, pagando a mais. Nesse post vou explicar o modo como fiz, pela trilha.

IMG_7633
Enquanto as meias ainda eram brancas, antes de iniciar a trilha

Como chegar?

As Cataratas Nauyaca está localizado a 12 km de Dominical, mais ou menos uns 20 minutos. Se você colocar Nauyaca Waterfalls no waze você vai achar o local. Fica na estrada 243. Nessa estrada, você vai achar a lojinha que vende os tickets, um office bem na beira da estrada. O ticket custa 8 dolares por pessoa.

Nessa hora você vai ter duas opções: você pode parar ali na entrada ou continuar pela estrada de terra e para no estacionamento lá embaixo. A moça da lojinha nos alertou que só era recomendado para carros 4×4. Resolvemos tentar mesmo assim com o nosso cedam deu certo, apesar de um pouco de sufoco.

Esse é o estacionamento e o início da trilha. No estacionamento são 3.000 colones para parar o carro.

A trilha

Depois mais 4 km a pé na estrada de terra com bastante lama (por conta da chuva) até a cachoeira. Vi poucas pessoas na trilha. Acho que a maioria vai de carro. Não sei porque. A trilha é tão gostosa em meio à floresta tropical, cercado de verde. É a coisa mais linda! Vale muito a pena. Foram mais ou menos 1 hora de trilha até chegar na cachoeira.

Não se esqueça de levar bastante água e algum lanchinho. Fazer trilha na Costa Rica, um país tropical, úmido e quente, faz a gente suar bastante e perder bastante líquido. Muito importante nos manter hidratado.

A cachoeira

São duas quedas. A primeira, mais alta, tem uma queda impressionante de 200 pés de altura. A força da água é enorme. Nessa não é possível entrar. Apenas apreciar e tirar foto.

A segunda queda, logo a baixo, flui para uma piscina inferior. Nessa é possível nadar. Tem alguns salva-vidas de prontidão ali. Ficamos um bom tempo nas águas. Tem várias pedras que você pode pular, inclusive da cachoeira. Quando decidi pular da cachoeira, que é a pedra mais alta dali, começou a chover e os salva-vidas interditaram a cachoeira, infelizmente.

Voltamos pela trilha, por mais 1 hora. Chegamos no carro com os pés lotados de lama!!!

Esse foi um dos passeios que mais gostei da Costa Rica e não perderia por nada. Vale muito a pena. Pretendo voltar e pular da pedra da cachoeira.

 

Espero que esse post tenha ajudado você a planejar sua viagem. Se precisar de mais dicas da Costa Rica, aqui estão alguns post que podem te ajudar:

Gandoca-Manzanillo, Costa Rica

Parque Nacional Manuel Antonio, Quepos – Costa Rica

 

Se ficar alguma dúvida sobre esse post ou qualquer outro, não hesite em perguntar aqui nos comentários ou pelo instagram.

Obrigada e boa viagem!! 🙂

 

POSTS COMO ESSE

Europa com R$ 4.000

Chorrillo Del Salto, El Chaltén

CACHOEIRA DO PAQUETÁ, Ilha Bela, SP

Trilha do Covão dos Conchos, Serra das Estrelas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s