Desfile com 22 múmias no Egito

Fazendo nosso primeiro post diferente aqui no blog. Dessa vez, vamos falar sobre o desfile das 22 múmias no Egito, a Golden Parade, e ,ainda, falar um pouco da cultura desse lugar que ainda não conhecemos.

O Egito fica no continente Africano. Foi lá que surgiu as primeiras civilizações do mundo, em volta do Rio Nilo, o maior rio do mundo. A água do rio ajudava nas necessidades do dia a dia e as plantações, por isso, foi lá que se iniciou.

O desfile

O desfile aconteceu no dia 3 de abril de 2021, na capital do Egito, Cairo, no qual as múmias atravessaram 7 quilômetros, sob forte segurança, com muito brilho e iluminação. Sendo transmitido ao vivo em 18 canais internacionais – no Youtube tem o vídeo completo do desfile, está no final desse post. Vale muito a pena assistir, foi maravilhoso!

O desfile

O motivo, foi a necessidade de transportar as múmias do antigo Museu Egípcio, na Praça Tahirir, para sua nova morada: o mais moderno Museu Nacional da Civilização Egípcia. E como as múmias e faraós são muito importantes para o Egito, eles fizeram desse cortejo, uma celebração especial com luzes, decorações egípcias e uma orquestra.

Cada múmia percorreu o trajeto em um carro separado, com mecanismos para evitar impactos e dentro de uma cápsula preenchida com nitrogênio garantindo a preservação. A sequência dos carros foi por hierarquia de idade, sendo o faraó mais antigo: Sekenenré Taá (século XVI a.C.), da 17ª dinastia; o primeiro da fila e o Ramsés IX (século XII a.C.), que reinou cerca de 3100 anos atrás, o último. Entre os faraós mais conhecidos do desfile estavam Ramsés II e a rainha Hatshepsut.

Primeiro carro: Rei Sekenenré Taá

Quando os carros chegara em sua nova morada, os reis e rainhas foram saudados por 21 salvas de canhão. O vídeo do desfile mostra como foi linda essa cena.

A maioria dessas múmias foram descobertas perto de Luxor, no sul do país, a partir de 1881, e serão apresentadas individualmente, ao lado de seus sarcófagos, com uma biografia e os objetos relacionados com os soberanos. Eles ficarão em um ambiente que lembrará as tumbas subterrâneas dos reis e rainhas.

Entre várias personalidades internacionais presentes no evento, também estava o Presidente egípcio Abdel Fattah El -Sisi. Este festival ajudou a atrair atenção para o turismo local, e com certeza deu certo, a nossa vontade de ir para o Egito agora esta enorme : )

Curiosidades do Desfile

Muitos egípcios acreditam em supertições e também que as múmias foram feitas para serem mantidas paradas onde foram deixadas. Isso fez com que muitos levantassem a hashtag em árabe #maldicao_dos_faraos, pois muitos deles associaram recentes catástrofes pelo mundo e no Egito a uma “maldição” pela transferência das múmias.

Entre as catástrofes estão o bloqueio do canal de Suez por um navio cargueiro, além de um desabamento de um prédio no Cairo. Até mesmo a Pandemia ocasionada pelo Corona Vírus.

Isso já havia acontecido anteriormente, no anos 1920, após a descoberta da tumba de Tutankamon, um dos mais famosos faraós já encontrados. Após essa descoberta aconteceram misteriosas mortes de membros da equipe de arquiólogos.

Vídeo completo do Youtube

Mumias no Egito

O Egito é um país extremamente religioso, determinando diversas práticas culturais e sociais. Eles são politeísta, ou seja, acreditam em vários deuses. Os egípcios, acreditavam na vida eterna após a morte, e que era preciso preservar o corpo para o falecido voltar, assim, inventaram a mumificação. Entre os faraós mais conhecidos estão Tutancâmon, Seti I e Ramessés II. Com o tempo o estilo de mumificação foi mudando. E para abrigar o cadáver, construíram as pirâmides.

A crença no retorno à vida se estendeu por todas as camadas sociais no Egito, porém os faraós nobres e ricos tinham mais condições de construir um sarcófago bem fechado e grandes túmulos construídos de pedras, garantindo a proteção dos corpos contra saqueadores.

Outra crença era em deuses híbridos, ou seja metade homem, metade animal (antropozoomorfia)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s