Salamanca, ESPANHA

A cidade espanhola com todo o seu charme medieval me encantou. Continue lendo aqui para ver o que fazer e todas as dicas de Salamanca.

Calce um sapato confortável e prepare-se para caminhar bastante. Salamanca é pequena então é possível fazer tudo a pé. O ideal é separa um dia inteiro para visitar a cidade. Assim, você consegue ver todos os pontos turísticos.

A cidade preserva bastante as construções antigas. É uma das cidades com mais monumentos da idade média, do Renascimento e das épocas barroca e neoclássica (copiei isso do Wikipédia mas é realmente cheia de monumentos).  Eu me sentia em um filme medieval enquanto caminhava pelas ruas. É bem interessante a história da cidade, que antigamente era cercada por uma muralha para protegê-la (vou falar do museu que explica essa história mais para frente).

Como chegar: Não há aeroporto na cidade. A única maneira de chegar são por rodovias: carros ou ônibus. Há ônibus saindo das principais cidades, inclusive Madri. Eu peguei um ônibus em Coimbra, Portugal. Nesse site, você consegue procurar passagens. Se você estiver datas flexíveis, vale ficar olhando as passagens porque sempre tem umas promoções. Por exemplo, eu paguei 1 euro na volta para Coimbra.UM EURO!

O que visitar

  1. Universidade de Salamanca

É a quarta universidade fundada na Europa, em 1218! Dá pra imaginar? Isso é antes do descobrimento do Brasil pelos portugueses! Até hoje ela funciona e recebe milhares de estudantes todos os anos. Salamanca é basicamente uma cidade universitária. Além da Universidade de Salamanca (pública) há a  Universidade Pontifícia de Salamanca (privada).

2. Bibliotecas da Universidade de Salamanca

Eu queria muito visitar as bibliotecas mas elas são fechadas no domingo, então não consegui. Só visitei a parte externa, que é muito bonita.

Horário de funcionamento:

  • Segunda a sexta: de 8:30 horas a 21:00 horas, de maneira ininterrompida.
  • Sábados: de 9:00 a 13:00 horas, as Bibliotecas Francisco de Vitoria e Claudio Rodríguez (Zamora).
  • Sábados: de 9:00 a 21:00 horas, a Biblioteca Santa María de los Ángeles.

3. Huerto de Calixto y Melibea

É um jardim perto da muralha que tem uma vista bem legal da cidade e de suas catedrais. Quando estava lá, tinha um homem tocando violão e cantando. Foi um passeio bem agradável.

Horário de funcionamento: todos os dias das 10:00 até o por do sol.

4.Torre del Marqués de Villena e Cueva de Salamanca

Esses dois monumentos ficam situados no mesmo local. É possível subir na torre até o ponto mais alto onde você pode ter uma vista da cidade. A Cueva de Salamnca, diz a lenda, é o local onde se faziam encontros com o diabo. Cruzes!

A entrada é gratuita.

5. Salmantica Sedes Antiqua Castrorum 

É um museu que abriga a parte mais antiga da muralha. É do seculo IV aC, dá pra imaginar? Além da muralha, a exposição tem vários cartazes e painéis informativos contando a história da muralha e da cidade. Bem legal de conhecer.

Fica bem na frente da Torre del Marqués de Villena.

Horário de funcionamento:

sexta-feira de 17:00 a 20:00 horas.
Sábados e domingos de 10:00 a 14:00 horas e de 17:00 a 20:00 horas.

6. Convento de San Esteban

É uma igreja que foi construída inicialmente em 1256. A parte interna é realmente muito bonita, a parede atrás do altar é toda dourada com o pé direito bem alto. Do lado da igreja há o convento e o museu. A entrada custa 3,50 euros.

Horário de funcionamento

Horário de inverno (De 5 de novembro a 16 de março): 10:00 a 14:00 (último entrada 13:15)  de 16:00 a 18:00 (último entrada 17:15)

Horário de verão (De 16 de março a 5 de novembro): 10:00 a 14:00 (último entrada 13:15)  de 16:00 a 20:00 (último entrada 19:15)

7. Fundação Venancio Blanco

É uma sala de exposições de artes que muda de tempos em tempos. Quando eu fui (fevereiro/19) a exposição era “El capricho de la idea”. O melhor de tudo é que a entrada é sempre gratuita. Fica bem ao lado do Convento.

Horário de funcionamento:

terça a sexta-feira: de 17:00 a 21:00

sábado, domingo e feriados: de 12:00 a 14:00 e de 17:00 a 21:00

8. Parque de los Jesuítas

É o maior parque da cidade. Tem bastante área verde, com lagos, quadras, mesas para piquenique, espaço para as crianças brincar e até um espaço reservado para os cachorros onde podem ser soltos da coleira sem problema. Bom para praticar esporte, inclusive corrida. Há uma cafeteria e restaurante (falo mais adiante)

9. Casa das Conchas

É um edifício antigo cheio de conchas na fachada e nas portas. Infelizmente, não prestei atenção no horário de funcionamento então só consegui ver a parte externa.

Horário de visita do pátio:

segunda a sexta-feira de 9:00 a 21:00

sábados, domingos e feriados de 10:00 a 14:00 e 16:00 a 19:00

10. Plaza Mayor

É basicamente o centro social de Salamanca. É uma praça cercada por edifícios antigos, inclusive a câmara municipal. Muitas pessoas ficam lá sentadas nas cafeterias e restaurante ao redor, ou no chão mesmo.

11. Ponte Romana

Uma ponte sob o rio Tormes construída no século I para dar acesso a cidade a quem vinha do sul. Aparentemente, durante o domínio romano, tinha uma estrada que passava por Salamanca que ligava o sul ao norte da península Ibérica.

Tem um gramado embaixo da ponte na margem do rio. Muitas pessoas ficam aqui durante o dia, fazendo piqueniques, tomando sol, jogando etc. Foi o meu lugar preferido da cidade. Fomos na hora em que o sol estava se pondo então foi bem especial.

12. Catedral Velha e Nova de Salamanca e Ieronimus

É o conjunto de catedral da cidade. Um dos principais pontos turísticos da cidade. Ieronimus são as torres medievais da catedral onde é possível subir para ter uma vista da cidade.

Horário de funcionamento:

janeiro e fevereiro de 10:00 a 18:00 (último acesso às 17:00)

março a dezembro de 10:00 a 20:00 (último acesso às 19:00)

preço: 3,75 euros

 

Onde comer

1. Restaurante do Parque de los Jesuítas

É ótimo para quem está passeando pelo parque, já que ele é um pouco mais afastado dos outros pontos turísticos. Tem opções de pratos principais, mas nós só ficamos nas entradas, as famosas tapas. Há muitas opções com um preço ótimo.

2. Calle Mayor 

É uma rua cheia de opções de restaurantes. As mesas ficam no meio da rua (que não passa carro).

3. Plaza Mayor

Como já disse antes, a Plaza Mayor é cercada de restaurantes. Comemos uma paella (uma delas vegana!) a noite com essa vista. Foi bem agradável. Eu não me lembro do nome do restaurante, mas não era o único que servia paella.

Curiosidades

Salamanca foi escolhida para Capital Europeia da Cultura em 2002, sendo o seu centro histórico Património da Humanidade desde 1988. Muito legal!

Espero que tenham gostado do post e tenha ajudado!

 

 

 

 

3 comentários em “Salamanca, ESPANHA

  1. Pingback: Montemor-O-Velho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s